Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Desventuras / Máscaras pontudas

Por que máscaras pontudas eram utilizadas no passado?

Professor de História explica que o uso do objeto durante a Peste Bubônica e que chama atenção até os dias atuais

Isabelly de Lima, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 03/08/2022, às 19h02 - Atualizado às 19h03

Imagem ilustrativa da máscara utilizada durante a Peste Bubônica - Getty Images
Imagem ilustrativa da máscara utilizada durante a Peste Bubônica - Getty Images

A Peste Bubônica assustou a população europeia no fim da Idade Média, entre 1346 e 1353, e também no século XVII, matando quase um terço da população do continente. Como nós sabemos, as condições de higiene da época eram outras, bem inferiores das que conhecemos hoje. Saneamento básico não era comum naquela sociedade, o que prejudicava a saúde de muitas pessoas.

A imagem clássica que todos conhecem desse período são as máscaras pontudas, que mais pareciam com bicos de corvos. Lembradas até hoje como símbolo de terror devido à Peste, muitas pessoas não conhecem sua real utilidade.

Segundo o professor de história Vitor Soares, a medicina da época acreditava que a Peste era transmitida pelo ar, mais especificamente por uma nuvem tóxica e fedida chamada Miasma. Por isso, os médicos utilizavam as máscaras pontudas, pois colocavam perfumes, flores, mel, ou qualquer coisa que deixasse o cheiro bom na ponta da máscara.

O professor ainda explica que o formato da máscara era para dar tempo para que as substâncias da ponta se misturassem com o ar, antes de serem respiradas, a fim de se protegerem do Miasma.

Tipo de máscara pontuda utilizada para evitar o Miasma - Foto: Divulgação / Youtube / Fatos Desconhecidos

Erro grave

Porém, os médicos da época não estavam corretos em suas teorias. A Peste Bubônica era, na verdade, transmitida por uma bactéria e a real solução seria o uso de antibióticos e a higiene frequente, que não acontecia. O cheiro bom não mudava em nada o risco de contaminação.

Vitor Soares apresenta o Desventuras na História, promovido pelo portal do Aventuras na História, disponível nas principais plataformas de streaming de áudio. O professor de história acumula mais de 25 mil seguidores em suas redes sociais.

Confira o vídeo completo de Vítor Soares abaixo!

@profvitorsoares O que são essas máscaras bizarras? 💀 #historia#história#curiosidades#enem#vestibular#aprendanotiktok♬ Suspense, horror, piano and music box - takaya