Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Entretenimento

Após subir em palco, Johnny Depp é aplaudido por multidão na Inglaterra

No dia seguinte ao fim do processo com Amber Heard, ator se juntou a uma apresentação de rock e 'deu uma palinha' na guitarra

Wallacy Ferrari Publicado em 03/06/2022, às 10h43

Johnny Depp em apresentação com Jeff Beck - Divulgação / YouTube / Dorothy96
Johnny Depp em apresentação com Jeff Beck - Divulgação / YouTube / Dorothy96

No dia seguinte ao fim do processo milionário de Johnny Deppe a ex-companheira Amber Heard, o ator norte-americano realizou uma apresentação de rock ao lado do lendário guitarrista britânico Jeff Beck na noite de quinta-feira, 2, em Gateshead, na Inglaterra, sendo ovacionado pela plateia após a vitória judicial.

Na ocasião, o ator dividiu-se entre as guitarras, no caso, uma Telecaster branca, e nos vocais, realizando covers de John Lennon, Marvin Gaye, Jimi Hendrix e, curiosamente, cantou 'Time', música composta por Dennis Wilson, membro dos Beach Boys conhecido por se aproximar de Charles Manson.

Mesmo com o acalorado processo resultando em acusações de ambos os lados, o astro de 'Piratas do Caribe' pareceu angariar o apoio da plateia durante a apresentação, sendo aplaudido e comemorado quando teve a entrada surpresa revelada, além de mais aplausos ao término de cada música, conforme registrado pelo perfil 'SoundBites', que publicou a apresentação completa do ator no Youtube.

O resultado final

Foi decidido pelo júri que Amber Heard é culpada pela difamação de seu último marido, Johnny Depp. Em 2018 a mulher publicou uma carta no The Washington Post com acusações de violência doméstica, que Depp logo desmentiu e iniciou todo o processo.

Como consequência, o júri estabeleceu que Amber terá que pagar uma indenização de US$ 15 milhões ao ator. Ao receber a notícia, a atriz não conseguiu esconder os trejeitos tristes e preocupados, com sua reação ao resultado sendo amplamente compartilhado em redes sociais. Em publicação, a atriz classificou a decisão como "retrocesso".