Notícias » Ciência

Como um coelho com chifres levou a uma descoberta sobre o câncer?

O mito do ‘jackalope’ mostra uma lebre com chifres de alce, mas há muito mais por trás dele

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 06/12/2021, às 17h34 - Atualizado às 17h35

Os chifres, mostrados embaixo do queixo do coelho, são sinais do papillomavirus
Os chifres, mostrados embaixo do queixo do coelho, são sinais do papillomavirus - Wikimedia Commons / WD45

Desde o começo do século 20, em Douglas, no estado norte-americano de Wyoming, existe a lenda de uma mistura de lebre com cervo, criando um ‘jackalope’, uma lebre com chifres parecidos com os de um alce ou veado.

Mesmo que a cidade continue insistindo que é um animal de verdade, nunca houve nenhuma prova concreta disto.

No entanto, a possível origem deste mito impactou mudanças extremas na busca por curas e medidas preventivas a diversas formas de câncer.

O cientista Michael Branch, autor do livro "No rastro do Jackalope: Como uma Lenda Capturou a Imaginação Mundial e Nos Ajudou a Curar o Câncer", afirma que o ‘jackalope’ tem uma versão na vida real.

É uma criatura mitológica. No entanto, ela tem uma relação próxima aos coelhos 'chifrudos' na natureza, que estão infectados com o papillomavirus", afirmou.

Quando infectados com este vírus, que é o mesmo que causa a doença HPV nos seres humanos, os coelhos ou lebres tem chance de desenvolver tumores benignos, e em raros casos malignos, que crescem principalmente da cabeça do animal, feitos de queratina, a mesma substância dos nossos cabelos e unhas.

Exemplo de uma pseudo-taxidermia de um 'jackalope' - Foto: Wikimedia Commons / CGPGrey

 

Longe de serem majestosos e bonitos como são os ‘jackalopes’ com seus chifres, os tumores causados pelo papilomavírus podem ser “bastante grotescos”, contou Branch à publicação LiveScience, muitas vezes crescendo tanto que podem vir a impedir o coelho de comer, matando-o de fome.

Um câncer, causador de tumores, que é diretamente provocado por um vírus, foi uma hipótese analisada há anos dentre as causas de diferentes cânceres, no entanto esta descoberta da origem do ‘jackalope’ foi a maior prova de que isto pode acontecer.

Com este novo estudo sobre vírus causadores de câncer, os cientistas conseguem entender como este processo ocorre e agir no desenvolvimento de uma vacina contra estes vírus, tudo com certa base no estudo destes coelhos ‘chifrudos’, como apontou Branch.

Abriu muitos caminhos de pesquisa para descobrirmos quais outros cânceres podem ser causados por vírus e, eventualmente, trabalhar no desenvolvimento de uma vacina contra eles", explicou.