Notícias » Arqueologia

Objetos históricos são encontrados em solo do Instituto Butantan durante obras

Entre os artefatos centenários estão uma ampola, um bloco de basalto, além de garrafas; veja as imagens!

Redação Publicado em 16/10/2021, às 11h35

Tijolo de basalto encontrado
Tijolo de basalto encontrado - Divulgação / Instituto Butantan

O Instituto Butantan aproveitou o seu fechamento temporário em razão da pandemia para realizar obras de modernização de sua estrutura. E foi assim que funcionários encontraram antigos objetos que remontam à época da fundação do centro de pesquisa biológica.

Entre eles estão garrafas, um bloco de pedra de basalto e ainda uma ampola. Confira as descobertas a seguir:

Garrafa de creolina

De acordo com o site do instituto, a creolina foi um produto químico muito utilizado durante o surto de peste bubônica no Brasil, ocorrido em torno do ano de 1899. 

Garrafa de creolina encontrada durante escavações / Crédito: Divulgação / Instituto Butantan

 

Ruas e casas eram limpas com o desinfetante, que também ajudava a afastar os ratos, hospedeiros da bactéria Yersinia pestis. O item encontrado no solo local possui cerca de cem anos de idade.


Garrafa de vinho

Dentro da antiga casa do fundador do Butantan, Vital Brazil, foi encontrada uma segunda garrafa, que a equipe do instituto acredita ser de vinho. Como possui deformações e arranhões, certamente também é muito antiga. 

Garrafa de vinho / Crédito: Divulgação / Instituto Butantan

 

“Esse achado foi bem diferente. A gente fazia uma obra no prédio da Biblioteca, o edifício Vital Brazil, e na remoção de um piso de madeira tinha essa garrafa, bem suja”, disse a arquiteta Caroline Tonassi Costa.


Ampola

Outro objeto encontrado na residência de Vital Brazil, uma ampola, foi muito provavelmente utilizado pelos primeiros cientistas do cento de pesquisas.

Ampola encontrada pela equipe / Crédito: Divulgação / Instituto Butantan

 

Caroline afirma que, depois de conversar com os pesquisadores do instituto, descobriu que se tratava de um item tão antigo que muitos deles nunca nem tinham visto um exemplar do mesmo modelo.


Tijolo de basalto

Um outro artefato antigo encontrado foi um tijolo de basalto com inscrições do município de Osasco, região metropolitana de São Paulo (que pode ser visto como capa desta matéria).

Conforme a fonte, ele teria pertencido à família Lavaud, que era dona da Grande Olaria Francesa de Sensaud de Lavaud e que teria sido a primeira a viver na cidade.

Além disso, o patriarca da família, Dimitri, ficou conhecido por ter construído o primeiro avião fabricado em terras brasileiras, o “São Paulo”, e também por ter realizado o primeiro voo da América Latina, no mês de janeiro de 1910.