Matérias » Reino Unido

Elizabeth Barton, a mulher que profetizou o lugar de Henrique VIII no inferno — e pagou caro por isso

Começando a vida como serva rural, a fama da Freira de Kent cresceu quando ela alegou ter visões premunizantes e extremamente religiosas

André Nogueira Publicado em 19/06/2020, às 11h00

Barton e Henrique em montagem
Barton e Henrique em montagem - Wikimedia Commons

Elizabeth Barton foi uma freira britânica que sofreu com as excêntricas execuções do rei Henrique VIII. No entanto, ela não foi esposa do monarca homicida: na verdade, a cristã realizava profecias contrárias a seu matrimônio com Ana Bolena. Figura misteriosa e pouco documentada, sabe-se sobre sua vida principalmente a partir de 1525, ano de início de suas visões, na época em que era uma serva.

A primeira alucinação ocorreu na Páscoa, aos 19 anos, quando, nas competências do agricultor Thomas Cobb ela vaticinou uma suposta matança de crianças próximas à propriedade. No momento, ela reafirmou que a salvação estava na fidelidade à Igreja Católica e a devoção afirmada por peregrinações e rezas. Com suas falas, a Empregada de Kent passou a ser famosa, e muitos a seguiram.

Outras profecias menores complementaram essa visão inicial, e até que algumas delas começaram a se concretizar, aumentando ainda mais a sua fama. Então, seu nome chegou no alto clero. Como consequência, o arcebispo William Warham, criou uma comissão para garantir que as predições de Barton seguissem o dogma cristão.

Progressivamente mais famosa, Barton se manteve fiel aos ensinos da Igreja, tendo sucesso em suas curas a partir da devoção à Virgem Maria. Então, o corpo clerical sentiu interesse em apropriar-se dessa figura dogmática, e Elizabeth tornou-se freira. Seu principal auxílio espiritual era Edward Bocking, um monge beneditino.

Em 1528, um momento transformou a vida da freira: durante uma reunião privada, ela conheceu Thomas Wolsey, cardeal que se tornou a pessoa mais poderosa da Inglaterra, depois do rei. Já baqueada, ela conheceu o próprio rei Henrique VII, que inicialmente aceitou a mulher por sua complacência com a ordem monárquica.

Henrique VIII / Crédito: Wikimedia Commons

 

Porém, Barton passou a ser alvo do ódio do monarca em pouco tempo: não só por sua constante luta contra as heresias, batendo de frente com o projeto de retaliação da igreja por parte do rei, mas principalmente porque ela criticou diretamente a anulação do casamento do soberano com Catarina de Aragão. Para a Freira de Kent, era completamente irregular que Henrique comandasse as decisões vindas de Roma.

Então, a clériga passou a vaticinar que o Rei da Inglaterra morreria em pouco tempo após um novo casamento, e alegou ver o lugar do Inferno reservado a Henrique por suas heresias. Henrique viveria mais 15 anos. Por conta de sua popularidade, Baron passou um ano intocável, mas era vítima de boatos espalhados por agentes do rei.

Em 1533, quando sua imagem já estava minada, foi levada a prisão de Barton, onde foi encarcerada e obrigada a confessar que inventava suas premonições. Então, ela foi declarada culpada sem julgamento e condenada a morte por traição.

Acusaram-na de conspirar contra o rei e a chamaram de falsa profetisa. Então, finalmente, ela foi enforcada aos 28 anos em Tyburn, nos arredores de Londres, jao lado de cinco correligionários.


+ Saiba mais sobre os Tudors por meio das obras a seguir:

História Viva. Tudors. A Verdadeira História de Uma Dinastia Gloriosa,  de Jane Bingham - https://amzn.to/36eyOVB

The Hidden Lives of Tudor Women – A Social History, de Elizabeth Norton - https://amzn.to/31V6tjG

As seis mulheres de Henrique VIII, de Antonia Fraser - https://amzn.to/2Woaz2y

Henrique VIII, de William Shakespeare - https://amzn.to/2C4wCCp

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W