Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Uma Família Quase Perfeita

Uma Família Quase Perfeita: existe uma história real por trás da série?

Com uma história eletrizante e exclusiva da plataforma de streaming Netflix, Uma Família Quase Perfeita é a segunda mais assistida entre brasileiros

por Thiago Lincolins

tlincolins_colab@caras.com.br

Publicado em 27/11/2023, às 12h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem da série 'Uma Família Quase Perfeita' - Divulgação/Netflix
Imagem da série 'Uma Família Quase Perfeita' - Divulgação/Netflix

Uma pequena família com extrema dificuldade de se relacionar vê a vida virar do avesso quando a jovem Stella Sandell, de 19 anos, é acusada de assassinar um homem aparentemente inofensivo chamado Christoffer Olsen, de 30 anos. O desenrolar da história, entretanto, mostra os segredos por trás do caso. 

Esta é a sinopse da série eletrizante 'Uma Família Quase Perfeita'. Exclusiva da Netflix, a produção dirigida por Per Hanefjord se encontra no segundo lugar entre as séries mais assistidas por brasileiros na plataforma de streaming. 

No X, o antigo Twitter, internautas repercutem o lançamento, descrito como intrigante. "Comecei hoje e terminei hoje também a minissérie 'uma família quase perfeita' da Netflix, e o que posso dizer é que fiquei chocada com a coragem dos personagens", escreveu outra conta. 

História real?

Com desdobramentos tensos e abordando a cultura do estupro, que afeta principalmente mulheres, muitos podem se perguntar se existe uma história real por trás da narrativa da série

Bom, 'Uma Família Quase Perfeita' não é baseada em fatos. Os personagens são fictícios e originados no livro de mesmo nome do autor sueco MT Edvardsson, lançado em 2019. Assim, o roteiro escrito por Anna Platt e Hans Jörnlind é inspirado na obra. 

Em entrevista, o escritor disse que a ideia para a história surgiu durante uma noite solitária de reflexão. Enquanto estava deitado em sua cama, ele passou a imaginar a história de indivíduos que passam por obstáculos da vida adulta e encaram problemas. 

Cena da série 'Uma Família Quase Perfeita' /Crédito: Divulgação/Netflix

"Tenho duas filhas, de três e seis anos, e comecei a pensar em uns 10 anos ou mais, quando minhas filhas vão sair com os amigos, no centro da cidade e assim por diante. Acho que todos os pais podem se identificar com o medo de não saber quando seu filho voltará para casa. Então, imaginei minha futura filha adolescente chegando em casa depois da meia-noite e eu tendo a sensação de que algo estava errado", afirmou o escritor à Celadon Books."Se minha filha fosse trazida pela polícia na manhã seguinte, acusada de assassinar um homem, o que eu diria? Como eu reagiria? Até onde eu iria ao esticar a verdade para proteger minha filha?".

Além disso, Edvardsson explicou que sua trajetória como professor do Ensino Médio foi importante para chegar a autenticidade dos personagens, principalmente Stella, a protagonista.

"Sei como as meninas de 18 anos interagem - conheço o mundo delas e também sei que pais e adolescentes nem sempre compartilham tudo entre si. Em alguns casos extremos, parece que eles realmente não se conhecem muito bem. Isso é algo que eu gostaria de examinar mais de perto neste romance: até que ponto conhecemos realmente nossos adolescentes?", refletiu o autor.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!