Coronavírus » Pandemia

Autoridades informam que variante do coronavírus vinda do Brasil foi detectada em território peruano

O Peru revelou que a nova cepa do vírus já circula em pelo menos três regiões do país

Penélope Coelho Publicado em 05/02/2021, às 08h56

Imagem meramente ilustrativa do coronavírus
Imagem meramente ilustrativa do coronavírus - Divulgação/Pixabay

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias UOL, na noite de ontem, 4, autoridades do Peru informaram que a variante brasileira do coronavírus foi identificada no país.

Segundo revelado na publicação, a ministra da Saúde, Pilar Mazzetti, relatou que a nova cepa do vírus já foi detectada em três regiões do Peru: “Em nosso país, em Loreto, Huánuco e em parte de Lima, a variante brasileira foi encontrada”, revelou a peruana.

Em sua declaração ao Congresso peruano, Pilar informou que agora o país já conta com duas variantes do vírus identificadas, incluindo também a cepa britânica do coronavírus. De acordo com as autoridades de saúde, ambas são mais agressivas.

Segundo Mazzetti, a presença da nova variante do vírus no Peru explica o aumento no número de casos de infecção em seu país. Sabe-se que a região de Loreto, onde a nova cepa foi identificada, faz fronteira com o Brasil.

Sobre a Covid-19

De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, atualmente, o Peru registra 1.158.337 casos de pessoas infectadas pelo novo vírus, e as mortes em decorrência da doença chegam em 41.538 mil no país.  

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou 104.886.168 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando mais de 2.284.686 milhões de mortes, sendo mais de 228 mil delas apenas no Brasil, que está no segundo lugar entre os países onde mais pessoas morrerem por complicações da Covid-19. O primeiro deles é os EUA, com mais de 455 mil.