Coronavírus » Pandemia

Contrariando os especialistas, Jair Bolsonaro diz que o coronavírus “está começando a ir embora”

Às vésperas do pico de casos, afirmação do presidente do Brasil causa alvoroço

Penélope Coelho Publicado em 13/04/2020, às 10h03

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, presidente do Brasil - Getty Images

No último domingo, 12, o presidente Jair Bolsonaro celebrou a Páscoa com representantes religiosos durante uma videoconferência que durou em torno de duas horas.

Para o presidente, o maior problema que o país enfrenta agora não é a pandemia de coronavírus, e sim, o desemprego. Durante a live, ele afirmou: “parece que está começando a ir embora a questão do vírus", em referência aos efeitos do Covid-19.

No entanto, de acordo com o Ministério da Saúde, o país ainda irá passar pelo pico da doença, que deve acontecer no final de abril e início de maio. Em um relatório técnico assinado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, os dados apontam que o Brasil irá enfrentar o coronavírus até o meio de setembro, em curva descendente.

Jair Bolsonaro também está contrariando as medidas de isolamento social recomentadas pela Organização Mundial da Saúde, OMS. O presidente participou de alguns encontros ao lado de apoiadores que geraram aglomerações, no fim de semana. Segundo dados divulgados no domingo, 12, 1.223 pessoas morreram pelo novo vírus e os infectados já são 22.169.