Coronavírus » Pandemia

Em ato extremo, padre italiano morre de coronavírus após doar aparelho respiratório para jovem desconhecido

Friar Don Giuseppe Berardelli tinha 72 anos e faleceu em Bergamo — uma das regiões mais afetadas pela pandemia

Alana Sousa Publicado em 24/03/2020, às 13h00

O padre Friar Don Giuseppe Berardelli
O padre Friar Don Giuseppe Berardelli - Divulgação

Em Bergamo, uma das regiões mais afetadas da Itália pela pandemia de Coronavírus, um padre infectado teve um ato extremo ao se recusar usar aparelho para respirar, ao invés disso, decidiu doar para um jovem que também havia sido diagnosticado com Covid-19.

Hoje, foi divulgada a triste notícia de que Friar Don Giuseppe Berardelli, de 72 anos, faleceu devido à doença. Ele fazia parte da Igreja de Casnigo, próximo a Milão. Em seu obituário uma descrição causou ainda mais comoção com seu falecimento: “Qualquer um que aparecia diante dele sabia que podia contar com sua ajuda”.

O hospital alegou que Berardelli decidiu por doar o aparelho respiratório designado a ele para um jovem desconhecido, que também se encontrava em estado crítico. Cala Poli, prefeita de Fiorano, expressou tristeza com a morte do religioso e afirmou que o pároco “deu paz e alegria para nossas comunidades”.

A Itália se tornou o local mais atingido pela pandemia que vem assustando o mundo. Até a última atualização, já havia pouco mais de 6 mil mortos e cerca de 50 mil pessoas infectadas pelo novo Coronavírus. Entretanto, as autoridades estão observando uma queda no número de óbitos.