Coronavírus » Pandemia

Sobrevivente do Holocausto morre de Coronavírus aos 96 anos, em Israel

Capturado na Polônia em 1940, Eliezer Grynfeld conseguiu fugir durante uma evacuação de emergência em campo de concentração, mas foi vítima do Covid-19

Pamela Malva Publicado em 20/04/2020, às 11h40

Eliezer Grynfeld, sobrevivente do Holocausto, e sua esposa Rachel
Eliezer Grynfeld, sobrevivente do Holocausto, e sua esposa Rachel - Wikimedia Commons

Sobrevivente do Holocausto, Eliezer Grynfeld, de 96 anos, morreu em Israel, vítima do novo Coronavírus. O homem, que escapou de uma marcha da morte nazista, era um símbolo de resistência contra os horrores sofridos durante a Segunda Guerra Mundial.

Em meados de 1940, quando era apenas um adolescente, Eliezer foi preso no gueto de Lodz, na Polônia, e levado para o campo de concentração de Sachsenhausen. Sua chance de liberdade veio quando os soviéticos se aproximaram da frente oriental.

Naquele dia, o exército nazista deu início a uma evacuação forçada em direção a oeste. Centenas de presos em Sachsenhausen foram obrigados a marchar e, enquanto muitos não resistiram, Eliezer conseguiu fugir.

Eliezer Grynfeld e Rachel / Crédito: Divulgação

 

O sobrevivente uniu-se aos soviéticos como tradutor e, em um campo de deslocados na Alemanha, conheceu sua esposa, Rachel. Em 1956, após a guerra, o casal se mudou para Israel, onde construíram uma família.

Em 2014, Eliezer foi um dos seis sobreviventes que cumprimentaram o Papa Francisco durante uma cerimônia de lembrança do Holocausto. Agora, devido ao Covid-19, ele deixou dois filhos, cinco netos e seis bisnetos. 

Por enquanto, Israel já confirmou mais de 13 mil casos de Coronavírus, sendo que, destes, 172 pessoas morreram, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. No Brasil, já são mais de 39 mil casos, dos quais 22 mil se recuperaram e 2,4 mil foram vítimas da doença.