Coronavírus » Estados Unidos

Trump volta atrás e defende uso de máscaras contra avanço do novo coronavírus

Dois dias após conceder entrevista à Fox News afirmando ser contra o uso do método de proteção, o presidente publicou foto nas redes sociais com o adereço

Wallacy Ferrari Publicado em 21/07/2020, às 09h59

Fotografia em preto e branco com Donald Trump trajando uma máscara facial
Fotografia em preto e branco com Donald Trump trajando uma máscara facial - Divulgação/Twitter/DonaldTrump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou uma foto no Twitter na última segunda-feira, 20, utilizando uma máscara facial e descrevendo o gesto como um ato “patriótico”. O fato chama a atenção, pois, o chefe de estado se negou, durante meses, a promover o uso de máscaras para a interrupção da disseminação da covid-19.

Na publicação, o presidente chamou o novo coronavírus de “vírus invisível da China” e que “muitas pessoas dizem que é patriótico usar uma máscara quando não se pode respeitar o distanciamento social”. Concluiu com bom-humor, afirmando que “não há ninguém mais patriótico do que eu, seu presidente favorito!”.

Curiosamente, no dia anterior, 19, a rede de televisão Fox News transmitiu uma entrevista com o presidente, que afirmou ser contra o uso do método de prevenção: “Não acredito que seja necessário levar em consideração uma obrigação em nível nacional. E não estou de acordo com quem diz que se usarmos máscara, a pandemia desaparece”, afirmou Trump.

Apesar de ter o estado pandêmico decretado no país desde março, a primeira aparição do líder utilizando a máscara publicamente ocorreu no dia 11 de julho. O presidente afirmou diversas vezes que a máscara poderia cercear a liberdade dos cidadãos americanos em relação aos próprios corpos.