Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Desventuras / A Sociedade da Neve

O detalhe real que A Sociedade da Neve deixou de fora e você não sabia

A Sociedade da Neve, baseado em uma história real ocorrida em 1972, deixou de fora do enredo um detalhe curioso sobre os personagens; descubra!

Isabelly de Lima Publicado em 22/01/2024, às 16h47 - Atualizado em 23/01/2024, às 09h23

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena de 'A Sociedade da Neve', filme baseado em caso real - Divulgação / Netflix
Cena de 'A Sociedade da Neve', filme baseado em caso real - Divulgação / Netflix

O filme de sobrevivência "A Sociedade da Neve", dirigido por JA Bayona, recebeu elogios por sua representação precisa, sensível e intensa do trágico acidente de avião de 1972, seguido pela luta pela sobrevivência de 72 dias em condições extremamente adversas. O diretor Bayona, em colaboração estreita com sobreviventes e familiares, buscou retratar fielmente os eventos ocorridos durante essa época desafiadora.

Baseado na obra "La Sociedad de la Nieve" de Pablo Vierci o filme é a indicação oficial da Espanha para Melhor Longa-Metragem Internacional no Oscar de 2024.

Apresentando um elenco sul-americano, muitos estreando no cinema, o filme foi lançado na Netflix em 4 de janeiro de 2024, mantendo-se como um dos títulos mais populares da plataforma.

Dentre as diversas cenas que chamaram a atenção, nem tudo que realmente aconteceu no caso real foi mostrado na produção, deixando um detalhe importante de fora. Descubra qual:

Aniversariantes

Uma das cenas mais tocantes do filme ocorre quando Numa (Enzo Vogrincic) menciona seu aniversário, um momento que reflete a realidade dos sobreviventes que enfrentaram a montanha.

No entanto, o filme opta por focar apenas no aniversário de Numa, excluindo outras celebrações que aconteceram durante os 72 dias de luta pela vida. Carlos Páez Rodríguez, Nando (que no filme foi vivido por Agustín Pardella) e Pancho (Valentino Alonso), todos aniversariantes no período em que estavam isolados, não têm seus momentos destacados no filme.

Carlos Rodrígueze Nando, dois sobreviventes, tiveram seus aniversários comemorados nas adversidades da montanha. Pancho Delgado celebrou a vida com cânticos e vinho. Esses eventos, embora omitidos na narrativa, são testemunhos reais da resiliência humana em meio a tragédia.

Momento do filme 'A Sociedade da Neve' em que personagens estão caminhando sobre imensidão de neve - Divulgação / Netflix

Numa, personagem que dá voz aos mortos, recebe um destaque maior em "A Sociedade da Neve" do que nas versões anteriores da história, como no filme "Vivos" de 1993, que não utilizou nomes reais por falta de autorização das famílias. O filme atual, centrado nos olhos de Numa, reconhece apenas seu aniversário na montanha.

Motivo da escolha

Com uma duração considerável, o filme enfrentou desafios ao abordar integralmente os eventos. A escolha de incluir apenas o aniversário de Numa pode ser uma resposta a essas restrições, concentrando-se na narrativa principal, já que inserir mais cenas dos aniversários deixaria a produção ainda mais longa.

Cena do filme 'A Sociedade da Neve' - Divulgação / Netflix

O filme em questão é baseado em uma história real de 1972. Inclusive, até mesmo alguns dos sobreviventes da vida real fizeram pequenas participações do longa, quase que imperceptíveis, mas para quem já viu fotos, talvez seja possível reconhecer.

O avião Uruguai 571, transportando uma equipe uruguaia de rugby, caiu nos Andes, deixando os sobreviventes em uma luta desesperada pela vida nas montanhas geladas.

Após semanas enfrentando condições extremas, alguns dos sobreviventes foram forçados a recorrer ao canibalismo para sobreviver. O filme “A Sociedade da Neve” está disponível na plataforma de streaming Netflix.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!