Matérias » Arqueologia

Retrospectiva 2019: as 10 maiores descobertas arqueológicas do ano

Foi um ano produtivo para os pesquisadores. Relembre os achados mais impressionantes divulgados ao longo deste ano

Thiago Lincolins Publicado em 21/12/2019, às 16h36

Restos fossilizados de carruagem romana enterrada com dois cavalos
Restos fossilizados de carruagem romana enterrada com dois cavalos - Novosti.hr

1. Espada medieval encontrada em esgoto da Dinamarca

Os profissionais que encontraram a relíquia medieval / Crédito: Museu Histórico de Aalborg

 

O raro objeto foi encontrado encontrado no fundo de um esgoto na cidade de Aalborg, na Dinamarca. A descoberta foi feita por dois homens que trabalhavam nas tubulações do local, quando o artefato veio junto com a evacuação do esgoto.

2. Tumba de 2.000 anos com múmias e "zoológico" da era Ptolomaica

Alguns dos muitos animais encontrados na tumba / Crédito: Xinhua Ahmed Gomaa

 

Escavações realizadas por ladrões de antiguidades no sítio arqueológico de Al-Dayabat, no Egito, revelaram uma tumba com pinturas, múmias e animais do Egito Antigo. Além das múmias, os arqueólogos também encontraram mais de 300 objetos e fragmentos, como 50 animais da era Ptolomaica (falcões, águias, gatos, cachorros e musaranhos mumificados). 

3. Estátua de 3 metros do imperador romano Trajano encontrada na Turquia

A grande estátua do imperador Trajano / Crédito: Divulgação

 

A estátua de três metros de altura e com aproximadamente dois mil anos de idade do imperador romano Trajano foi encontrada sob uma fonte na antiga cidade turca de Laodiceia. A escultura foi reconstruída a partir de 356 peças, que estavam submergidas na antiga fonte. Líder do projeto afirmou que a escultura “provavelmente esculpida por um artista que viu Trajano pessoalmente”.

4. Túmulo esquecido do Homem Elefante é encontrado em Londres após 130 anos

Ilustração do Homem Elefante / Crédito: Wikimedia Commons

 

Os restos mortais de Joseph Merrick — mais conhecido como Homem Elefante — foram enterrados em um túmulo sem identificação em Londres. Nascido em 1862, em Leicester, Merrick ficou conhecido na Inglaterra vitoriana como Homem Elefante devido à sua aparência, causada por uma doença congênita. As deformidades que cobriam seu corpo faziam dele uma atração curiosa, embora marginalizado.

5. Arqueólogos encontram câmara secreta no palácio do imperador romano Nero

A sala secreta encontrada pelos pesquisadores / Crédito: Parque Arqueológico do Coliseu

 

Durante escavações no antigo palácio do imperador Nero, em Roma, arqueólogos descobriram acidentalmente uma câmara secreta de 2.00 anos repleta de murais bem preservados. A Sala da Esfinge foi encontrada enquanto o time de pesquisadores se preparava para restaurar outra câmara no Domus Aurea, um antigo palácio banhado de ouro, com 300 aposentos, no coração de Roma

6. 12 múmias são encontradas na pirâmide de Sacará, a mais antiga do mundo

Uma das múmias reveladas pela descoberta / Crédito: Dąbrowski

 

Após mais de duas décadas de escavação, arqueólogos poloneses da Universidade de Varsóvia encontraram uma vasta coleção de múmias na necrópole de Sacará, Egito.  Os pesquisadores já encontraram outras múmias em pesquisas anteriores no mesmo local, no entanto, estas estavam em avançado estado de decomposição devido às condições modestas como foram enterradas: enroladas nas bandagens e colocadas diretamente em covas na areia, sem muitos adornos.

7. Restos mortais de soldados da Segunda Guerra Mundial localizados em ilha do Pacífico

O local onde os corpos foram encontrados / Crédito: ONG History Flight

 

A impressionante descoberta foi anunciada pela ONG History Flight e foi realizada em uma remota ilha do Pacífico. Mais de 30 corpos de soldados americanos que lutaram na batalha de Tarawa, que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial foram revelados. A batalha opôs soldados norte-americanos e militares do Império do Japão. Na época, o Comando Militar dos Estados Unidos afirmou que os restos mortais dos militares seriam irrecuperáveis.

8. Pesquisadores localizam restos perfeitamente fossilizados de carruagem romana enterrada com dois cavalos

A carruagem ao lado do cavalo / Crédito: Novosti.hr

 

Um grupo de arqueólogos encontrou os restos fossilizados de uma carruagem romana enterrada com dois cavalos. Acredita-se que o achado tenha sido parte de um ritual funerário suntuoso para famílias romanas extremamente ricas, que viveram há quase 2 mil anos.

9. Arqueólogos encontram Romeu e Julieta de 4.000 anos atrás no Cazaquistão

O casal identificado no momento da escavação / Crédito: Buketov University

 

No Cazaquistão, arqueólogos encontraram dois esqueletos enterrados em uma posição intrigante. De acordo com os especialistas, o casal teria morrido ao 16 anos, há 4.000 anos, estava enterrado junto, de frente um pro outro por toda a eternidade. Eles encontrados no cemitério de Kyzyltau, um complexo de cinco colinas na remota região de Karaganda, nordeste do país. 

10. Naufrágio romano que remete à época de Jesus Cristo é encontrado no Mar Mediterrâneo

Alguns dos artefatos encontrados no naufrágio / Crédito: Ionian Aquarium

 

Uma antiga embarcação romana que remete à época de Jesus Cristo foi descoberta na costa norte da ilha grega de Cefalônia. O navio, que entrou em operação entre os séculos I a.C. e I d.C., tem por volta de 34 metros de comprimento e abriga cerca de 6.000 ânforas que eram usadas para o transporte de vinho e comida.