Controle de natalidade tem 3800 anos

Controle de natalidade tem 3800 anos

01/12/2007 00h00 Publicado em 01/12/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

A pílula anticoncepcional revolucionou a vida sexual da humanidade e se tornou um símbolo dos anos 60. Mas métodos contraceptivos não eram novidade. Os antigos egípcios já tinham seus meios para evitar a gravidez. Duas eram as maneiras principais. Uma delas consistia numa pasta, feita de acácia, mel e tâmaras, aplicada num chumaço de tecido ou pêlo animal e introduzida na vagina. O outro método era mais grotesco: fezes de crocodilo no fundo da dita-cuja. Os egípcios provavelmente acreditavam que o sêmen carregava algo ligado à reprodução, assim como o útero, e que substâncias naturais (ou ligadas ao divino) eram capazes de impedir a gravidez. Além disso, tâmaras fermentadas produziriam uma substância ácida similar às usadas nos espermicidas atuais.