Coronavírus » Estados Unidos

Coronavírus: imigrante morre após ser detido nos Estados Unidos

Nascido no México, Felipe Montes foi levado para o hospital duas semanas depois de ser preso no Centro de Detenção Stewart

Pamela Malva Publicado em 02/02/2021, às 15h30

Cerca do Centro de Detenção Stewart
Cerca do Centro de Detenção Stewart - Divulgação/Audra Melton.

Em dezembro de 2020, o mexicano Felipe Montes foi levado para o Centro de Detenção Stewart, na Geórgia, após ser detido pelos agentes de imigração dos Estados Unidos. No útlimo sábado, 30, ele se tornou uma das muitas vítimas do Coronavírus no país.

Segundo nota publicada no dia seguinte pelo Serviço de Imigração e Controle de Aduanas dos Estados Unidos (ICE), o homem de 57 anos foi levado ao hospital com sintomas da doença no dia 10 de janeiro, duas semanas depois de sua prisão.

Ainda de acordo com as autoridades, Felipe é o quarto latino-americano que testou positivo para a Covid-19 a morrer no mesmo Centro de Detenção. Antes dele, faleceram imigrantes da Guatemala (um homem de 34 anos) em maio, da Costa Rica (um idoso de 70 anos) em agosto, e do México (um senhor de 61 anos) em setembro.

Durante o Governo Trump, o ICE foi fortemente criticado por intensificar as prisões e deportações de imigrantes indocumentados. Para organizações de Direitos Humanos, os Centros de Detenção representam um alto risco na propagação da Covid-19, já que, até 15 de janeiro, quase 15 mil pessoas estavam detidas em unidades espalhadas pelo país.