Coronavírus » Pandemia

"Mais de 600 mil", estima Joe Biden sobre potencial número de mortes por Covid-19 nos EUA

Apesar da emergência vivida pelo país, recém empossado presidente americano diz acreditar em momentos melhores. “Temos as ferramentas para passar por isso",

Fabio Previdelli Publicado em 23/01/2021, às 08h56

Joe Biden durante discurso
Joe Biden durante discurso - Getty Images

Durante pronunciamento à imprensa na última sexta-feira, 22, o recém empossado presidente americano Joe Biden disse que os Estados Unidos, país que mais foi atingido pela pandemia do novo coronavírus, deve registrar mais de meio milhão de mortes em decorrência da Covid-19.  

“Estamos com 400 mil mortos, esperamos chegar a muito mais que 600 mil”, declarou o democrata. Além disso, na coletiva, Biden ressaltou a necessidade de fortalecer a economia e ajudar todos aqueles que foram ou serão despejados e que perderam seus empregos.  

“Famílias estão com fome, nós precisamos agir. Se nós agirmos agora a nossa economia vai estar mais forte a curto e a longo prazo”, declarou. O novo presidente também disse que a necessidade de ajudar os mais atingidos pela pandemia é um plano essencial apontado pelos “da esquerda, da direita e do centro, pelos liberais e conservadores”. 

“Se agirmos agora, conseguiremos competir melhor com o mundo. Se agirmos agora, seremos capazes de cumprir com nossas obrigações uns com os outros como americanos”, disse Biden alertando que, apesar da emergência vivida pelo país, “temos as ferramentas para passar por isso", concluiu.