Curiosidades » Cultura

Primeira marcha de Carnaval: obra ilustrada homenageia Chiquinha Gonzaga

Ô abre alas, do Ilustrador paulistano Duda Oliva, apresenta o legado da aclamada compositora brasileira

Victória Gearini Publicado em 18/01/2021, às 15h56

Chiquinha Gonzaga, compositora brasileira
Chiquinha Gonzaga, compositora brasileira - Wikimedia Commons

O memorável legado de Chiquinha Gonzaga continua inspirando gerações, mesmo décadas após sua morte. Composta em 1889, a primeira marcha de Carnaval, Ô abre alas, entrou para a história da música brasileira. Já em 2020, ganhou uma bela homenagem pelo ilustrador paulistano Duda Oliva.

Lançado pela Saíra Editorial, livro homônimo, Ô abre alas, apresenta ao público infantil o poder da música como agente transformador. A ilustre obra começa com uma casa cinza e sombria sendo invadida por uma misteriosa raposa, que decide levar música e arte aos moradores, que não podiam cantar nem dançar. 

“Nessa cidade, gente grande, que não gostava de muita coisa, mandava. Então, gente pequena não podia nada: ninguém podia tocar nem uma música nem outra…”, trecho retirado das páginas 14 e 15, de Ô abre alas (2020).

Ô abre alas, de Chiquinha Gonzaga e Duda Oliva (2020) / Crédito: Divulgação / Saíra Editorial

 

A partir disso, a raposa quebra o silêncio na praça central, utilizando uma bela vitrola e uma flauta. No início, os moradores estranham a curiosa melodia e começam a reclamar da música. No entanto, a musicista não se intimida e permanece tocando, até que pouco tempo depois, todos começam a dançar e cantar ao redor do animal. 

No decorrer da obra, o leitor se depara com a missão da raposa sendo concluída. Além disso, a protagonista revela sua verdadeira identidade e o seu objetivo de levar alegria e diversão para os moradores. Neste cenário, a música de Chiquinha Gonzaga é apresentada como fonte de inspiração de arte, que leva harmonia e felicidade para quem a escuta. 

Disponível na Amazon em formato de capa comum, Ô abre alas, contém ricas ilustrações e inclui, ainda, uma nota biográfica sobre a trajetória pessoal e profissional da aclamada musicista brasileira, responsável pela primeira marcha de Carnaval. 


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon:

Ô abre alas, de Chiquinha Gonzaga e Duda Oliva (2020) - https://amzn.to/39MIBVk

Escolas de samba do Rio de Janeiro, de Sérgio Cabral (2016) - https://amzn.to/2OOFTVM

Desde que o samba é samba, de Paulo Lins (2012) - https://amzn.to/3bAD3NK

Almanaque do carnaval: A história do carnaval, o que ouvir, o que ler, onde curtir, de por André Diniz (2008) - https://amzn.to/2SlWxON

O país do carnaval, de Jorge Amado (2011) - https://amzn.to/2HkXtfP

Carnaval e cultura: Poética e técnica no fazer escola de samba, de Milton Cunha (2014) - https://amzn.to/37mMRYk

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W